Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 11 de Julho, 2012

Aproximadamente 30 cursos serão criados entre cursos de línguas, gastronomia, informática, entre outros

Cursos de graça na modalidade de ensino à distância nas áreas de gestão, comércio, empreendedorismo, informática, cidadania entre outros serão ofertados pelo Governo de Minas para todas as regiões do Estado, já no segundo semestre de 2012, através dos 360 Centros Vocacionais Tecnológicos e Telecentros (CVTs). Na tarde desta terça-feira (10) o subsecretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Vicente Gamarano e os secretários de Estado de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho; Extraordinário da Copa do Mundo, Sergio Barroso assinaram termo de cooperação técnica que irá aprovar aproximadamente 30 cursos, visando à preparação de Minas Gerais para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

Segundo o subsecretário de Estado de Ciências e Tecnologia, Vicente Gamarano, a iniciativa irá favorecer, principalmente, às pessoas de baixa renda que buscam se qualificar para a demanda do mercado originado pela Copa do Mundo. “A Sectes vai disponibilizar os cursos da rede de CVTs e Telecentros com o objetivo de qualificar os mineiros para a Copa. Com isso, pretendemos aumentar a renda da população e suprir a geração de emprego que estará aquecida durante o campeonato”, afirmou o subsecretário.

A Setur está aprovando vários cursos, em diversas áreas como: inglês e espanhol básico; colocação no mercado de trabalho, culinária, empreendedorismo, gestão ambiental e recursos hídricos, hotelaria, organização de eventos, dentre outros. De acordo com o secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, toda a cadeia de produção turística do Estado precisa estar atenta às oportunidades que serão advindas dos grandes eventos internacionais que serão realizados no Brasil e em Minas Gerais nos próximos anos. “Capacitação, treinamento, reciclagem, oferta de melhores serviços são ações estratégicas neste momento. Os profissionais que passam por treinamentos e por qualificação tornam-se mais atraentes para o mercado de trabalho”, destacou Agostinho.

Ainda de acordo com Patrus Filho a oferta de cursos através da rede de CVTs é mais uma ação em rede entre os órgãos do Estado. “Temos como orientação do governador Antonio Anastasia o trabalho integrado em busca de maior efetividade das ações governamentais, com objetivo de gerar mais benefícios para a sociedade mineira, em todas as nossas regiões”, concluiu.

“Investir na capacitação de mão-de-obra significa garantir que essas pessoas voltem para o mercado de trabalho após o Mundial com muito mais condições de geração de renda. Além disso, estamos vivendo em uma era em que a tecnologia avança rapidamente e é importante participar dessas inovações”, concluiu Sergio Barroso, secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo.

Inscrições

Alguns cursos já estão disponíveis no site www.inclusaodigital.mg.gov.br. Os demais estarão à disposição da população ainda este ano.

Quem optar em fazer um curso à distância, deverá acessar o site, clicar em cursos, escolher um deles e se registrar. O aluno terá um monitor  no CVT ou Telecentro mais próximo da sua região para orientação presencial. Ao término do curso, o aluno será certificado e com maior possibilidade de inserção no mercado de trabalho.

Centros Vocacionais Tecnológicos

Os CVTs são centros de excelência voltados para a capacitação tecnológica e profissional, que visam ao aumento do conhecimento, de acordo com a vocação econômica da região. São 84 CVTs e 487 telecentros, somando 571 unidades distribuídas em 360 municípios de Minas.  Os centros são equipados com a plataforma de ensino a distância Moodle, um sistema de gestão de aprendizagem à distância que permite a criação, utilização e gerenciamento de cursos online. O Estado de Minas Gerais é o 4º maior usuário global da plataforma.

Cada unidade conta com a seguinte estrutura: duas salas de inclusão digital equipadas com 20 computadores conectados à internet, servidor, impressora, softwares e móveis ergonômicos; sala de videoconferência montada com projetor de multimídia, câmera, microfones, módulo para entrada de dados e conexão de notebooks, aparelhos de conexão e codificação de vídeo, possibilitando a realização de seminários, palestras e cursos à distância;  Núcleo de Apoio ao Empreendedor (NAE); e laboratório vocacional destinado ao desenvolvimento e aprimoramento das vocações econômicas locais e regionais. Os telecentros são laboratórios de informática equipados com 5 a 10 computadores conectados à internet, um servidor, impressora, softwares atualizados e móveis ergonômicos para a realização de cursos de inclusão digital.

Desde o começo da implantação da rede CVT em 2004, mais de 700 mil pessoas se formaram pelos cursos de ensino à distância (EAD). Somente em 2011, cerca de 215 mil pessoas receberam certificados, maior número anual desde o início do projeto. Um dos fatores que favoreceu esse índice foi o lançamento de mais 27 cursos EAD pela Sectes em parceria com o Instituto Projeto Vida e Esperança (PROVE). As capacitações abrangem as áreas de agricultura e pecuária; cidadania; empreendedorismo; informática; meio ambiente e primeiro emprego. Dessa maneira, as salas de inclusão digital totalizam 45 cursos à distância, com controle de presença e expedição de certificados.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-assina-acordo-de-capacitacao-profissional-para-copa-do-mundo-de-2014/

Anúncios

Read Full Post »